Professores de escolas do Ensino Fundamental das Comunidades de Santana, Monte Nebo, Realejo e Patos, localizadas no entorno da Reserva Natural Serra das Almas, participaram de uma oficina de Educação Ambiental, no último dia 3 de março.  A ação faz parte do projeto Água Preservada, desenvolvido pela Associação Caatinga e apoiado financeiramente pelo Fundo Socioambiental Caixa. Ao todo, 61 professores participaram da capacitação liderada por Andreza Antunes, Educadora Ambiental da Associação Caatinga.

Durante a oficina, Gilson Miranda, Coordenador de Tecnologias Sustentáveis da AC, apresentou o projeto Água Preservada e seus desdobramentos. Na ocasião, também foram entregues o Almanaque Água Preservada, material didático desenvolvido para que os professores contextualizem a temática ambiental ao longo do ano com os estudantes. Os estudantes também participaram de ações educativas para disseminação de informações e conhecimentos.

Gilson Miranda explica que de forma concomitante ao cronograma dos seminários, serão desenvolvidas atividades educativas em quatro escolas localizadas nas comunidades inseridas na área de intervenção do projeto, tendo sempre como tema-orientador e transversal a proteção dos recursos hídricos. Serão realizadas palestras para apresentação do projeto, aplicação de jogos e músicas para possibilitar que os alunos e professores tenham um melhor entendimento sobre o ciclo da água e as consequências de suas interferências. Para as atividades educativas, serão disseminados almanaques de atividades, conduzindo os alunos à reflexão com atividades lúdicas e recreativas acerca da água.

O coordenador ressalta ainda que o material didático e as ações de educação ambiental estão tendo uma boa receptividade por parte das comunidades. “Eles gostaram do material, acharam muito relevante o tema e ressaltaram que não possuem muita coisa disponível no material que trabalham, principalmente com ênfase no Bioma Caatinga”, completa.

Sandino Moreira, Coordenador de Educação Ambiental da AC, enfatiza que com o Almanaque Água Preservada, os estudantes terão acesso a um conteúdo contextualizado para cuidados e manejo da água adaptados às condições do semiárido, aprendendo assim novas habilidades e competências para lidar com a escassez da água.  “Com o almanaque os jovens terão um ano inteiro de atividades baseadas em datas festivas do meio ambiente, que os estimulam a manter uma rotina de práticas para a preservação da água.”

Para Gilson Miranda, esse trabalho de educação ambiental nas escolas tem grande relevância principalmente por abordar a o tema água. “O almanaque enriquece ainda mais o saber dos educadores e estudantes sobre o tema”, destaca. 

© 2015 Associação Caatinga - Conheça e preserve o surpreendente mundo da Caatinga.